Quais as diferenças entre universidade, centro universitário e faculdade?
usuario

Publicado por Autotek

Quais as diferenças entre universidade, centro universitário e faculdade?


Existem muitas siglas para nomes de instituições de ensino superior. Mas a realidade é que no Brasil só existem três tipos delas: as universidades, os centros universitários e as faculdades. E a diferença entre elas é basicamente uma: as universidades dão maiores chances de participar de pesquisa e fazer sua iniciação científica. Mas existem obrigações exigidas por lei para essas instituições. Saiba mais sobre isso:

As instituições de ensino superior

Universidade

É obrigação das universidades oferecer atividades de ensino, de pesquisa e de extensão (ou seja, serviços ou atendimentos à comunidade) em várias áreas do saber. Elas têm autonomia e podem criar cursos sem pedir permissão ao MEC. As federais são criadas somente por lei, com aprovação do Congresso Nacional. As particulares podem surgir a partir de outras instituições como centros universitários.

Mas para isso há exigências: pelo menos um terço do corpo docente deve ter título de mestrado ou doutorado. Além disso, um terço do professorado deve ter contrato em regime de tempo integral para dedicar-se mais aos alunos. Esses profissionais costumam oferecer maior dedicação à instituição.

Centro universitário

Os centros universitários têm graduações em várias áreas do saber e também têm autonomia para criar cursos no ensino superior. Normalmente são menores do que as universidades e têm menor exigência de programas de pós-graduação.

Mas assim como as universidades, tem regras que eles precisam cumprir. Por exemplo, ter no mínimo um terço do corpo docente com mestrado ou doutorado. Além disso, um quinto dos professores contratados têm que ser obrigatoriamente em regime de tempo integral. Ou seja, 20%, enquanto na universidade o valor mínimo é de 33% dos professores empregados.

Faculdade

Diferente de Universidades e Centros Universitários, que têm um expecto amplo, as faculdades se diferenciam como instituições de ensino superior que atuam em um número pequeno de áreas do saber. Muitas vezes, são especializadas e oferecem apenas cursos em uma área determinada, como direito ou medicina, por exemplo.

Além disso, existe uma especificação: quando uma faculdade pretende lançar um curso novo, ela precisa de autorização do Ministério da Educação para criá-lo. Ou seja, não tem autonomia para criar programas de ensino.

Quanto às exigências, o corpo docente das faculdades tem de ter, no mínimo, pós-graduação lato sensu – normalmente menores do que os mestrados e doutorados.

Gostou deste post? Leia nosso artigo com 10 aplicativos de produtividade para professores que irão deixar sua vida mais eficiente.

Comentários